domingo, 18 de março de 2018

Balanço 2017/2018


A época de caça 2017/18 será recordada pela fraca criação de perdizes por todo o Nordeste Transmontano e pela escassez e astúcia das poucas galinholas que migraram até às nossas zonas de caça. Factos esses que só por si nada alteraram os hábitos da team do CanildoSouto no que diz respeito ao tempo dedicado à iniciação à caça de novos cachorros, bem como na quantidade de jornadas de caça sobre estas duas espécies.
Fazemos hoje, assim, um balanço extremamente positivo proporcionado principalmente pela evolução dos juniores que fizeram parte da equipa desta época (Maja de la Barrera; Medusa do ValedoSouto; Malka do ValedoSouto; Fellidium Matrix e Fellidium Madona), quanto aos seniores as poucas oportunidades que tiveram serviram para disfrutar de toda a sabedoria acumulada (os veteranos Fellidium Dolf e Dara D`Azenha Nova, e o jovem J`Arno de Huricfer).
Contudo a verdadeira recompensa desta época estava guardada para a recta final e foram os grandiosos resultados conseguidos pelos nossos exemplares J`Arno e Dolf nas provas sobre galinholas organizadas pelo CPCPB e pela ANCG.
 

J`Arno de Huricfer pontuou com um 1ºMB e Fellidium Dolf num magnífico ponto conseguiu um 1ºExc consagrando-se dessa forma vencedor do circuito nacional.
 

Sendo este um circuito com regulamentos ao alcance do comum cão encontrador de galinholas, e representando nestas provas os melhores cães nacionais a caçar esta espécie, é um orgulho e uma recompensa muito grande ter alcançado estes resultados. 









terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Jarno, o graúdo...

Mais um belo lance proporcionado pelo Jarno e por esta fantástica galinhola, a "Manhosa".
Pela forma como em cada lance ajudou a educar este cão arrisca-se a ser a galinhola mais saborosa da época. Sem dúvida uma galinhola com uma astúcia muito acima do normal que ludibriou cães velhos e cães novos. Sempre sem se mostrar foi uma daquelas galinholas que temos a noção que quando ouve o primeiro ramo a partir no silêncio profundo do bosque se muda para um lugar distante, daquelas que apenas deixa rastos de quentes e nos deixa a pensar como foi possivel já não estar ali mais uma vez...
Eu como sempre mantinha-me á distância como quem não tinha nada a ver com aquele assunto, até ser chamado mantinha-me imóvel com a convicção do que ia acontecer a seguir, pará-la era certo, vê-la era improvável.

O Jarmo mereceu-a sempre, mal chegado ás redondezas bastavam poucos segundos para se dirigir em linha recta áquela clareira, nesta altura de época já não havia mais terreno no redor apenas uma obsessão do cão em medir forças e mais uma vez ela estava lá presente e astuta para o receber!
Porém, com este lance chegou tambem aquele sentimento agridoce...

Parabéns Jarno, e obrigado por todos estes momentos Manhosa, foste grande!


segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Jarno, o miúdo...

Jarno, um miúdo como deve ser! Dois anos e um potencial tremendo para a caça á galinhola, é o resumo deste precoce exemplar setter. Um cão desde sempre muito independente e com um índice de aproveitamento enorme, soube agarrar as oportunidades que lhe foram dadas e encontrou entre os tubarões da equipa um sólido lugar.
Comum a muitos caçadores de galinholas, estes momentos de consolidação de cachorros como caçadores desta exigente ave são momentos ímpares... lindo cachorro!!! lindo Jarno!!!

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Olhos nos olhos com uma galinhola

Quando a confiança da galinhola permite a aplicação num lance de toda a teoria no terreno.
Três intervenientes que já se tinham cruzado várias vezes e onde o elo mais fraco acabou por partir.
São momentos profundos de respeito mútuo em que a pólvora acaba por honrar o lance. De uma forma muito digna esta galinhola deu-se por vencida olhando-nos astutamente até aos ultimos momentos...

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Galinholas no Alto Minho

Entretanto por terras Lusas, no nosso alto Minho, Ricardo Martins soma e segue com o veterano Dolf.
Grande cobro!!! Quando um lance se desfecha desta forma a jornada merece acabar! É hora de saborear o entorno e o desfecho do lance!